quinta-feira, 18 de junho de 2009

Lula já gastou R$ 6,3 bilhões em propaganda

O presidente Luís Inácio Lula da Silva gastou cerca de R$ 6,3 bilhões em propagandas estatais federais, desde o ano de sua posse, em 2003. Os números divulgados esta semana pela Presidência da República se referem a toda a administração pública federal direta e indireta, o que inclui as despesas com publicidade da Petrobrás, do Banco do Brasil, da CEF e de outras estatais.
“O período em que Lula mais gastou com propagandas foi em 2005 e 2006, anos em que o mensalão dominou o noticiário e que o presidente precisou fazer um saneamento em sua imagem e em seu governo”, opinou Fernando Rodrigues em seu blog. No ano passado, os gastos foram de cerca de R$ 1 bilhão, um número quase idêntico ao do ano de 2007, havendo assim, uma estabilização nos gastos com propagandas.
Na disputa entre os meios de comunicação para ganhar dinheiro em propagandas, a TV vem se mantendo no patamar dos 60%. Revistas começaram a era Lula recebendo 11,4% de todas as verbas publicitárias federais. Hoje, estão com 7,9%. Jornais aumentaram sua participação no bolo: tinham 10,3% em 2003; agora, estão com 13,1%. A publicidade estatal em internet ainda é percentualmente mínima, embora tenha mais que dobrado de tamanho: os veículos online ficavam com 1% do total no início da gestão Lula e agora estão com 2,6%.
Quanto aos gastos publicitários do governo de Fernando Henrique Cardoso, o atual governo divulgou apenas os últimos três anos do tucano (2000, 2001 e 2002), que gastou tão bem, quanto Lula.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Resista... você consegue!



Este instigante vídeo foi produzido por Luciano Pires, (executivo, comunicador multimídia, cartunista, aventureiro, jornalista, escritor, contador de histórias e palestrante… ufa!), o cara é isso ai mesmo… um pouco de tudo… e só fui descobri-lo ontem assistindo ao Programa do Jô, onde ele foi entrevistado.

O vídeo para mim não tem apenas a ver com eleições, não apenas isso, mas com a burrice em massa que assola o País, o Planeta! Apesar dos tão diversificados meios de busca de informação que temos hoje, a humanidade está ficando burra…

Suponho que uma boa parte das pessoas que acessaram este blog clicaram para ver o vídeo, mas uma grande minoria estará lendo isso aqui, ao menos até esse ponto… LER NÃO DÓI… tente… você pode!

E quanto a burrice??? Ah… RESISTA… você consegue!!!

PS 1: para saber mais sobre o criador do movimento “Brasileiros Pocotó” CLIQUE AQUI !

PS 2: para provar que você realmente leu este post inteiro deixe um comentário… \o/

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Uma festa para 'Meu Nome Não É Johnny' e 'Estômago'

Se em 2008 todas as atenções se voltaram para o Capitão Nascimento de "Tropa de Elite", este ano o Grande Prêmio Vivo do Cinema Brasileiro, organizado pela Academia Brasileira de Cinema, ficou dividido entre um traficante de classe média e um rapaz simples com incríveis dotes culinários: "Meu Nome Não É Johnny" venceu em seis categorias e "Estômago", em cinco.

Prêmios

Enquanto o blockbuster de Mauro Lima levou os troféus Grande Otelo de ator (Selton Mello), atriz coadjuvante (Julia Lemmertz), roteiro adaptado, trilha sonora original, som e montagem, o modesto "Estômago" venceu o de melhor filme pelo voto popular (pela internet e mensagem de celular) e pela escolha do júri, diretor (Marcos Jorge), ator coadjuvante (Babu Santana) e roteiro original. Ambos já colecionam prêmios no Brasil e no exterior.

Leandra Leal ganhou na categoria melhor atriz, por "Nome Próprio"; "Ensaio Sobre a Cegueira" ficou com quatro dos chamados prêmios técnicos, direção de fotografia, direção de arte, efeitos visuais e maquiagem. Selton Mello estava entre os mais emocionados. "A gente acha que não vai ficar nervoso, mas fica. É louco esse negócio de ‘melhor ator!’".

Jurados
As escolhas foram feitas por produtores, cineastas e atores, num total de cerca de 300 membros da Academia, presidida pelo diretor Roberto Farias. A cerimônia foi realizada na casa de espetáculos Vivo Rio, e teve como apresentadores Daniel Filho e Marília Pêra. Eles sofreram com problemas no som (as vozes soaram sibiladas o tempo todo) e no teleprompter, que falhou seguidas vezes. Mas se saíram muito bem, fazendo graça e entretendo a plateia.

Discursos

A noite teve alguns discursos interessantes, como o de Wagner Tiso, responsável pela premiada trilha sonora de "Os Desafinados". "Muitas pessoas fingem que não gostam de ganhar prêmio, mas eu adoro. Merecemos ou não?" Babu Santana lembrou a mãe: "Ela sempre quis que eu trouxesse um canudo de faculdade. Espero que isso aqui possa substituir!", brincou, com o troféu na mão.

Helvécio Ratton, diretor de "Pequenas Histórias", sagrado melhor longa-metragem infantil, falou da necessidade de se insistir na produção nacional do gênero. "Nossas crianças estão tão acostumadas a ver filme americano desde cedo, que os filmes brasileiros é que parecem estrangeiros para elas”.

Ausência
Leandra Leal não pôde ir porque estava em São Paulo, ensaiando a peça "Vestido de Noiva", que estreia em maio com direção de Gabriel Villela. A mãe, a atriz Ângela Leal, tremia de orgulho ao falar por ela (o texto foi ditado pelo telefone): "Foi o cinema que me apresentou o que eu quero fazer até o fim da vida, no set de 'A Ostra e O Vento'. Tinha eu 13 anos. O prêmio mostra que é possível fazer cinema autoral no Brasil sem grandes patrocínios”.

Finanças

Em plena discussão do novo modelo de Lei Rouanet, a questão financeira também foi mencionada pelo diretor de Estômago. "Esse filme é uma aventura que deu muito certo. É uma prova de que as lacunas, as dificuldades, podem ser preenchidas pela paixão da equipe”.

Fernando Meirelles, diretor de "Ensaio Sobre a Cegueira", felicitou o colega ao fim da cerimônia e disse que é bom ver que "não é preciso ter milhões de dólares" para fazer um bom filme.

Homenagens

O cineasta Nelson Pereira dos Santos foi homenageado pelos colegas, por seus 44 anos de carreira. Imagens de filmes como "Rio 40 Graus", "Rio Zona Norte", "Memórias do Cárcere" e "Vidas Secas" foram mostradas e Nelson foi aplaudido de pé. "É o prêmio mais valioso que estou recebendo na minha vida de cinema, porque vem dos meus colegas", agradeceu, com a voz embargada. "Estou emocionado. Ainda bem que só tenho 80 anos”.

A cerimônia ainda lembrou o centenário de Carmen Miranda (e sua contribuição para o cinema nacional nos anos 30) e os 50 anos da morte de Villa-Lobos (o primeiro compositor a criar uma trilha sonora original para um filme brasileiro), além de premiar o esforço da Laborcine, laboratório carioca que restaurou toda a obra de Nelson.

"O Mistério do Samba", de Lula Buarque e Carolina Jabor, que tem entre seus produtores Marisa Monte, foi premiado como melhor documentário e melhor montagem de documentário. Marisa disse que vai entregar o troféu para a Velha Guarda da Portela, retratada no filme.

Os destaques

- MELHOR FILME (JÚRI E VOTO POPULAR): Estômago
- MELHOR ATOR: Selton Mello ( Meu NoMe não É Johnny)
- MELHOR ATRIZ: Leandra Leal (NoMe Próprio)
- MELHOR ATOR COADJUVANTE: Babu Santana (Estômago)
- MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Julia Lemmertz (Meu NoMe não É Johnny)
- MELHOR DIRETOR: Marcos Jorge (Estômago)
- MELHOR DOCUMENTÁRIO: O Mistério do Samba
- MELHOR FOTOGRAFIA: Cesar Charlone (Ensaio sobre a cegueira)
- MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Tulé Peake (Ensaio sobre a cegueira)
- MELHOR TRILHA SONORA: Wagner Tiso (Os Desafinados)
- MELHOR ROTEIRO ADAPTADO: Mariza Leão e Mauro Lima (Meu NoMe não É Johnny)
- MELHOR ROTEIRO ORIGINAL: Estômago
- MELHOR FIGURINO: André Simonetti (Chega de Saudade)
- MELHOR LONGA ESTRANGEIRO: Vicky Cristina Barcelona

Assista aos filmes e entenda o porquê de tantos prêmios. Mas enquanto isso delicie-se com os trailers:

Fonte: Netsite

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Aprendiz 6 - Universitário


Hoje começa a 6ª edição de o Aprendiz, dessa vez contando com 18 candidatos universitários. Tanto Roberto Justus, como a própria Rede Record afirmam que esta será a edição mais excitante do programa.

Após 6 anos de programa Roberto diz ter se surpreendido com os participantes, segundo ele os universitários expressam mais as suas emoções, quando ganham ficam mais felizes, quando perdem se decepcionam mais, o que não aparentava tanto nas outras edições, talvez por serem os candidatos já profissionais e terem medo de se expor e passarem por fracos.

De acordo com o
blog do programa, o episódio de hoje contará com muita emoção. No primeiro bloco Justus revisará algumas escolas em que estudou, inclusive a universidade Mackenzie, onde formou-se.

A primeira tarefa dividirá os candidatos em duas equipes e eles terão que criar, administrar e promover um quiosque em duas praias de São Sebastião, litoral Norte de São Paulo.

O objetivo será vender uma ou mais receitas da linha Doritos Lovers. O vencedor será o grupo que tiver a melhor idéia para a criação do espaço, organização, promoção, número de vendas e as receitas mais adequadas e criativas.

A primeira sala de reunião acontecerá hoje mesmo e um dos candidatos já será eliminado da disputa.


Fonte: Blog da Produção - Aprendiz 6 Universitário

terça-feira, 7 de abril de 2009

Dia do Jornalista


Carma de Jornalista

Conta a lenda que, quando Deus liberou para os homens o conhecimento sobre como ser jornalista , determinou que aquele "saber" iria ficar restrito a um grupo muito pequeno e selecionado. Mas, neste pequeno grupo, onde todos se achavam "semi-deuses", já havia aquele que iria trair as determinações divinas. Então aconteceu o pior !!!!

Deus, muito bravo com a traição, resolveu fazer valer alguns mandamentos:

1º Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental.
2º Não verás teu filho crescer.
3º Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga.
4º Terá gastrite, se tiver sorte. Se for como os demais, terá úlcera.
5º A pressa será teu único amigo e as suas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o China in Box.
6º Teus cabelos ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos.
7º Tua sanidade mental será posta em cheque antes que completes 5 anos de trabalho.
8º Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás.
9º Trabalho será teu assunto preferido, talvez o único.
10º A máquina de café será a tua melhor colega de trabalho, porém, a cafeína não te fará mais efeito.
11º Terás sonhos, com clientes, e não raro, resolveras problemas de trabalho neste período de sono.
12º Exibirás olheiras como troféus de guerra.
13º E, o pior... Inexplicavelmente gostará de tudo isso...

Não sei quem foi o autor, mas fica registrado o crédito por tamanha sensibilidade! Quem é jornalista sabe...

(Autor Desconhecido)

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Selton Mello é Jean Charles nos cinemas

Selton Mello interpreta o brasileiro que foi morto no metrô de Londres por policiais no ano de 2005. O filme que leva o nome de Jean Charles estréia nas telonas dia 26 de junho.

No elenco estará a prima de Jean, Patrícia Armani, que fará o papel dela mesma. Além dos já conhecidos atores Daniel Oliveira, Vanessa Giácomo e Luis Miranda.

O filme é produzido pelo cineasta britânico Stephen Frears (dos premiados “A Rainha” e “Ligações Perigosas”) e dirigido pelo brasileiro radicado em Londres, Henrique Goldman (de “Princesa”).

Fonte: G1

terça-feira, 31 de março de 2009

Os 40 anos do FIAP

O Festival Ibero-Americano de Publicidade - FIAP fará 40 anos em 2009, em comemoração à data criou o Hall da Fama, Salón de Fama de Iberoamérica, que premiará os 40 melhores profissionais, agências, campanhas e filmes da América Ibérica, além de Portugal, da Espanha e dos Estados Unidos, nos últimos 40 anos.

Todos os vencedores já são conhecidos e seus nomes podem ser conferidos no site do FIAP, o Brasil contou com a maior representação, foram 13 premiados. As homenagens e exposições dos trabalhos acontecerão no dia 7 de maio, no hotel Sheraton de Buenos Aires.

Dentre os 13 brasileiros que entraram para o Hall da Fama do FIAP, Washigton Olivetto levou cinco prêmios: como profissional, com a campanha de Bom Bril, com o comercial "Valisère - Primeiro Sutiã", com o comercial "Hitler", da Folha de S.Paulo, e com o comercial "A Semana", da revista Época.

Para ele foi pedido que enviasse para a exposição de Buenos Aires, que posteriormente rodará o mundo, cenas que representassem cada uma de suas inclusões no Hall da Fama, todas feitas com mãos. Olivetto enviou estas aqui:

Washington Olivetto
Washington Olivetto

Campanha Bom Bril
Campanha Bom Bril

Filme “Valisère – Primeiro Sutiã”
Filme “Valisère – Primeiro Sutiã”

Filme “Hitler”, Folha de S.Paulo
Filme “Hitler”, Folha de S.Paulo

Filme “A Semana”, revista Época
Filme “A Semana”, revista Época

Se quiser ler este post na íntegra escrito pelo próprio Washington Olivetto CLIQUE AQUI.

Fonte: Blog do Washington Olivetto

segunda-feira, 30 de março de 2009

Brasília sedia etapa de Campeonato Mundial de Aviões de Papel

Aconteceu em Brasília, neste domingo (29), a etapa do Campeonato Mundial de Aviões de Papel, o evento contou com 207 competidores.

As duas categorias, distância e tempo de voo, tiveram o mesmo vencedor. Paulo Alexandre da Silva, que ganhou como prêmio um voo de parapente.

Espectadores de todas as idades acompanharam tudo de perto no ginásio Centro Olímpico da Universidade de Brasília, onde aconteceu a disputa.

E as etapas no Brasil ainda ocorrem nas cidades de São Paulo, Campinas, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Recife.

Fonte: G1

segunda-feira, 23 de março de 2009

Edição comemorativa de 40 anos de Woodstock pode acontecer em NY

O festival de Woodstock comemora 40 anos e seu organizador, Michael Lang quer fazer um show comemorativo em uma propriedade rural nos EUA.

Mas o evento custaria muito caro, e para que seja totalmente gratuito Michael está a procura de patrocinadores para que possa realiza-lo, disse em entrevista ao site da revista Billboard.

Ele afirma que artistas como Santana, Crosby e Joe Cocker, que participaram da primeira edição, também participariam desta, além de abrir espaço para bandas como Red Hot Chili Peppers.

Fonte: G1